terça-feira, 29 de abril de 2014

ATENÇÃO: ALTERAÇÃO NO EDITAL DO CONCURSO AUDITOR-FISCAL SEFAZ-RS


Olá amigos e amigas do Supremacia Concursos

Foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul do dia 29/04/2014 a seguinte alteração no Edital do Concurso de Auditor-Fiscal da Receita Estadual da SEFAZ-RS:


1 Do Concurso Público

1.1 A seleção para o cargo de que trata este edital, com avaliação de habilidades e conhecimentos, será efetuada mediante aplicação de provas teórico-objetivas de caráter eliminatório e classificatório.
1.2 As provas teórico-objetivas poderão conter questões elaboradas na forma de exercícios práticos. (grifo meu)

O leitor mais desavisado pode achar que é uma alteração sem muita importância, mas existe uma “mensagem subliminar” nessa alteração. Vocês captaram?

Analisando atentamente podemos tirar algumas conclusões:

 1. As questões de Auditoria Contábil e fiscal não ficarão somente no conhecimento teórico, em que basta a memorização dos conceitos (decoreba);

      2. Será cobrado do candidato um conhecimento mais amplo de legislação de tal forma que ele esteja preparado para responder a situações práticas da rotina de um fiscal;

    3. O candidato que quiser obter uma boa nota nessa prova vai precisar resolver muitas questões do assunto.

Para que vocês comecem a se familiarizar com o assunto, segue uma questão retirada da prova de AFR-SP, concurso de 2009:

(FCC/AFR-SP/2009) Rosana, AFR, comparece a um depósito comercial atacadista, localizado em São Paulo, para realizar uma verificação fiscal, e registra as seguintes ocorrências:

I. O gerente do depósito atacadista não lhe apresenta nenhum livro fiscal, nem comercial, tampouco talonários de documentos fiscais. Então, Rosana lavra termo de início de fiscalização em instrumento apartado e entrega cópia ao interessado.

II. No pátio do depósito, Rosana depara com um caminhão estacionado, descarregando mercadorias. Verifica que tais mercadorias estão desacompanhadas de Notas Fiscais. Imediatamente, Rosana lavra termo circunstanciado de apreensão de mercadorias.

III. Suspeitando que o gerente do depósito esconderia outras mercadorias em sua residência, vizinha ao depósito, Rosana dirige-se até o local e obriga o gerente a lhe possibilitar a entrada e verificação, alertando-o de que, em caso de embaraço, requisitará auxílio policial.

É correto afirmar que Rosana tomou medidas coerentes com o preconizado no Regulamento do ICMS do Estado de São Paulo nas ocorrências

(A) I, apenas.
(B) I e II, apenas.
(C) I, II e III.
(D) II, apenas.
(E) II e III, apenas.

Nos próximos artigos vamos trabalhar algumas questões adaptadas à legislação do Rio Grande do Sul.

Um grande abraço

Prof. Eduardo Ferreira