quarta-feira, 4 de junho de 2014

Compilado de Dicas de Concurso - Parte II

Segue a continuação do post anterior:


 27. TENHA DISCIPLINA

Procure fazer um planejamento, de modo a obter um ritmo de estudo progressivo. Organize seu material, prepare-se para uma rotina bem marcada. Terá que estudar todos os dias por longo período. Se um certo cansaço bater, resista. Não exagere em festas ou reuniões. Poupe energia para seu estudo. Valorize o seu dia. Seja moderado, procure maneiras rápidas de descansar a mente. E, acima de tudo:
Mantenha o ritmo!


 28. ESTABELEÇA UM MERCADO DE INFORMAÇÕES
Não seja o bonzinho da turma. Não seja aquele que traz as novas, os exercícios e os bons livros. Compartilhe as informações com aqueles que compartilham com você. Deve haver uma relação de troca. Não procure, da mesma forma, só sugar. Isso o afasta das pessoas que possuem os mesmos objetivos que você e que, certamente, poderiam ajudá-lo.


 29. GANHE O SEU DIA, NÃO PERCA A SUA NOITE

Para ser aprovado no concurso, não é necessário passar a noite em claro, debruçado sobre os livros, acumulando mau humor e olheiras. Por que não estudar de dia, reservando a noite para dormir e, quem sabe, sonhar com a aprovação? Descansado você certamente aumentará a capacidade de aprender. No entanto, há pessoas que estudam melhor à noite. Se você for uma dessas pessoas, avalie melhor sua rotina para poder desfrutar de longas madrugadas junto aos livros.


30. NÃO DESPREZE DISCIPLINA ALGUMA

A sua aprovação depende do sucesso em todas as disciplinas.
Não pense que uma disciplina de pouco peso não deva ser estudada. Todo ponto é um passo rumo à sua conquista. Notas altíssimas em poucas disciplinas não irão suprir pontos que perderá em uma disciplina que desconheça. Por não estudar determinada matéria, você perderá muitos pontos fáceis e poderá perder sua vaga!


 31. TODO LUGAR É LUGAR

Não perca oportunidade de estudar. Em filas de banco, no ônibus, nos intervalos do trabalho, no banheiro: toda hora é uma boa hora. Sempre tenha à mão algum material. Deixe uma apostila no porta-luvas, carregue uma pasta com alguns exercícios, mantenha um livro na gaveta do escritório. Você nunca sabe quando aparecerá um tempinho: aproveite-o! Em um mês, 15 minutos por dia representam mais de 7,5 horas! 
 

 32. FAÇA EXERCÍCIOS

Faça exercícios, faça muitos exercícios. Faça tantos quanto puder. As provas seguem padrões de questões e exigem rapidez. Por isso, esteja sempre procurando por novos exercícios, especialmente os que já caíram em concursos anteriores. À medida que for fazendo os exercícios, aprenderá a linha de raciocínio da instituição que prepara as provas e isso o ajudará a selecionar a melhor entre algumas alternativas aparentemente corretas.


 33. SEJA SELETIVO

Descubra quais são as matérias em que você pode evoluir mais e fazer mais pontos. Estudar o que se sabe menos é desgastante, porém pode ser bem mais lucrativo do que refinar conhecimentos nos campos em que já se possui uma certa qualificação e se tem muitos pontos garantidos. Vá em frente e não deixe que as matérias que você desconhece o assustem.


 34. SEJA UM DECORADOR

Transforme as paredes e portas de seu quarto em um imenso painel, colocando trechos e fórmulas das disciplinas para memorizar. O contato diário com essa nova decoração irá ajudá-lo a fixar a matéria e espantar o fantasma do "não consigo decorar". Use durex, cola, o que for preciso.


 35. ENCONTRE SUA MANEIRA DE RELAXAR

Cada um possui uma maneira própria de relaxar. Evitar exercícios físicos pesados ou atividades que possam deixá-lo exausto. Dê preferência a atividades leves, como caminhadas, que ajudam a oxigenar melhor o cérebro. Chegando em casa, tome um com banho, vista uma roupa leve, procure seu ninho e...
Bom estudo!


 36. NUNCA É SUFICIENTE

Nunca pense que já estudou o bastante. Assim, estude mais e mais. Se o seu concorrente disser que só estuda duas horas por dia fique feliz: ele não é seu concorrente! Pode ter certeza que aqueles que estão se preparando seriamente estudam de quatro a oito horas por dia. Interesse-se pelos assuntos, queira saber sempre mais. Você só descobrirá se sua preparação foi suficiente no dia da prova. Seja incansável na busca pelos meios de se superar.


 37. MANTENHA O SONHO VIVO

Se você está prestando concurso, deve haver uma boa razão para isso. Apóie-se nesse motivo para encontrar forças e superar suas dificuldades. Se estiver cansado, abatido ou desanimado por um problema qualquer, pense no que aspira, no que deseja, no que o faz estudar... Deixe-se envolver por essa imagem de um futuro promissor, se entusiasme com seu próprio sonho. À medida que ele for se apoderando de você, mais energia você terá para estudar.


 38. DIMINUA O RITMO NA VÉSPERA

Faltando um ou dois dias para o dia D, você não conseguirá aprender tudo que ainda não viu. Chegou a hora de começar a relaxar e de arejar a mente. Repasse os tópicos sem pressa e superficialmente. Evite atividades que exijam muita concentração e uma atenção redobrada. Essa capacidade é extremamente importante para uma boa prova.


 39. TEXTOS: LEIA PRIMEIRO AS QUESTÕES

Normalmente, um texto se refere a várias questões. Antes de ler os longos textos que se apresentam, descubra os pontos que merecem especial atenção na leitura. Muitas questões sequer exigem a leitura integral do texto ou do entendimento de todas as passagens. Seja objetivo: A sua meta é acertas as questões. 
 

 40. LEIA ATENTAMENTE AS QUESTÕES

Muitas vezes a resposta está no próprio enunciado ou em questões seguintes. Por isso, é necessária a máxima atenção. A perfeita interpretação da questão é fundamental para sua resolução. Quando for passando pelas questões, não tente lê-las rapidamente para ganhar tempo. Leia-as com calma e atenção. Assim, aumentará muito as chances de acerto.


 41. NÃO SE APAVORE

No começo do ano, não se angustie com a quantidade de matéria que terá que estudar. Sendo calmo, poderá fazer um bom planejamento. Quando estiverem faltando um ou dois meses, não entre em pânico. Isso não ajudará em nada. Concentre-se para conseguir ler com atenção as suas apostilas e livros. É hora para seriedade e otimismo - afinal, o vestibular está chegando e fica cada vez mais concreta a perspectiva de você ser aprovado e conquistar sua vaga no futuro. 
 

 42. NÃO ESTACIONE EM QUESTÕES

Cuidado: se você não souber uma questão, deixe-a para depois. Não fique gastando minutos preciosos para ganhar apenas um ponto (isso se não acabar errando de qualquer maneira). Seu subconsciente continuará processando a questão enquanto você enfrenta as outras. À medida que a priva for se desenvolvendo, as pendências poderão se resolver. Deixe as questões difíceis para o final; garanta pontos importantes com as fáceis.


 43. NÃO BRIGUE COM AS QUESTÕES

Uma prova tem questões mais fáceis e mais difíceis. Várias são ridículas. Não perca tempo com elas. Há pegadinhas, mas não deixe neurotizar por isso nem pense que a prova inteira é composta de pegadinhas. As provas seguem ideologias e obedecem a padrões de respostas. Não discuta se isso é certo ou errado. Diga "amém" e marque a resposta que julga conveniente correta.
Não reclame dos elaboradores da prova. Adapte-se!


 44. CONHEÇA O LOCAL ANTES DA PROVA

Visite o local da prova alguns dias antes. Se a prova for em uma cidade diferente da sua, vá com certa antecedência, encontre lugares confiáveis para comer e um bom alojamento. No local da prova, procure observar se há fontes de barulho, problemas com iluminação e o tipo das carteiras. Envolva-se com o ambiente; isso lhe dará uma sensação se segurança e conforto. 
 

 45. NÃO CHEGUE EM CIMA DA HORA

Alguns candidatos não gostam de chegar com muita antecedência. Tenha em mente, no entanto, que o horário de fechamento dos portões é rigoroso. Procure estar no local com certa folga e leve algo para companhia e da conversa dos "experientes", que ficam fazendo terrorismo antes da prova na sala. Se eles fossem tão bons quanto dizem, já teriam passado em muitos concursos e não estariam ali. 
 

 46. ESTABELEÇA-SE COM CONFORTO NO LOCAL EM QUE FARÁ A PROVA

Muitas vezes não fazemos a prova em nossa cidade. Assim, planeje com antecedência sua ida. Reserve passagem e hotel. Se possível, chegue alguns dias antes na cidade e descubra locais para almoçar e jantar. Ao chegar na cidade, ajuste o relógio para o fuso horário local. Converse com um taxista, enfim, procure fazer de tudo para ter certeza de que estará no local da prova sem problema algum e sem estar sujeito a surpresas de última hora.


 47. O FISCAL NÃO É INIMIGO (NEM AMIGO)

Chegando à sala da prova, cumprimente o fiscal, sem se mostrar extrovertido demais. Seja educado e, em hipótese alguma, discuta com ele. Isso lhe trará prejuízo. Ele pode acabar dificultando pequenas coisas. Não tente ficar amigo, senão ele pode querer, inconscientemente até, observá-lo, a fim de descobrir se você está indo bem ou não. Essa proximidade pode tirar sua concentração.


 48. NÃO TENHA MEDO DE SER EXAGERADO

Para o dia da prova, compre todo o material que achar necessário. Leve quantas canetas, lápis e grafite achar conveniente. Material pode sobrar, jamais faltar! Se for errar quanto ao dimensionamento da quantidade de material, água, etc., erre pra mais. Leve algodão ou mesmo protetores auriculares. Nunca sabemos quando o barulho pode começar...


 49. NÃO CORRA O RISCO DE SE ATRASAR NA MATÉRIA

Às vezes, quando nos defrontamos com tópicos complicados, ficamos inventando desculpas para interromper nosso estudo. Assim, começamos a estudar e, em dois minutos, resolvemos tomar um copo d'água; voltamos e, logo em seguida, lembramos que tínhamos de ligar para algum amigo... Não faço isso. Não fique perdendo seu tempo. Enfrente os tópicos que lhe causam problemas!


 50. CURTA A PROVA

Não se apresse não queira se livrar da prova. Passe e repasse as questões. Há tempo suficiente por isso não se apresse e não se precipite. Por outro lado, equilibre o tempo de resolução. Resolva todas as questões óbvias e fáceis. Deixe as difíceis para depois. Controle o tempo para poder tirar o máximo proveito de seu breve relacionamento com a prova.


 51. A PROVA É DIFÍCIL PARA TODOS

Se começar a resolver a prova e achá-la mais difícil do que esperava, não entre em pânico. Ela estará difícil para todos. Normalmente aqueles que acham a prova muito fácil é porque nem conseguiram perceber do que, verdadeiramente, tratavam as questões. Então não esqueça: A prova é igual para todos. 
 

 52. NÃO SE DEPRIMA...

Uma vez que a prova terminou, esqueça-se dela. Evite pensar e, especialmente, conversar sobre o tema. Não terá nada a ganhar com isso. Pense no que virá. Não se torture com o que passou. Não dê atenção àqueles que dizem que a prova estava fácil. Normalmente, quem fala demais sabe de menos. Não deixe se impressionar ou deprimir por esses comentários de concorrentes que só querem fazer terrorismo e tirar um pouco de sua calma.


 Abraço,