quinta-feira, 24 de julho de 2014

Planejamento: Fazer exercícios é fundamental – Ferramenta Super Provas


Olá guerreiros e guerreiras, como é bom estar aqui!

Iniciaria este tema com o seguinte brado militar: Treinamento difícil, combate fácil! 
 

Sabemos da dificuldade de enfrentar um concurso público, por isto devemos nos preparar muito bem, para superar a prova e também os outros candidatos.

Então qual a melhor técnica de estudo?

Primeiramente, é preciso entender que para sabermos se uma técnica ou metodologia funciona com você, devemos  experimentar, testar e avaliar.
 

Há pessoas que simplesmente não se adaptam a determinadas técnicas. Uma técnica de estudo que funcionou com determinada pessoa não quer dizer, necessariamente, que funcionará com você. 
 

Estudar com eficácia e eficiência exige a utilização de técnicas de estudo, planejamento e equilíbrio pessoal. Acredito que nenhum candidato a concursos públicos duvide disso, salvo se ele for “marinheiro de primeira viagem”. Mas a questão é saber quais técnicas são boas para você, qual planejamento de estudo vai atender as suas necessidades e quais comportamentos você precisa ter para equilibrar seu lado pessoal.

Nesse sentido, se você que está estudando e deseja ter sucesso nos estudos precisa pensar sobre a necessidade de aprender e testar algumas técnicas de estudo, ficando com aquelas que funcionar com você. Tenho certeza que seu tempo é curto e não tem tempo a perder. Sei também que você quer passar em concurso o mais rápido possível. Dessa forma, é estratégico escolher técnicas que tem a ver com o seu perfil.

Não estou sugerindo testar todas as técnicas de estudo que existem, nem estou sugerindo você desprezar determinadas técnicas. O que estou indicando fazer é escolher aquelas técnicas com as quais você tenha afinidade,  colocar em prática e testar sua funcionalidade com você. 
 

Para saber mais, verifique nosso post específico sobre o assunto: http://blog.supremaciaconcursos.com.br/2014/03/tecnicas-de-estudo-prof-carlos-pereira.html

Bem, você deve estar pensando o que tem a ver todo o exposto com “momento de se fazer exercícios”.  Tem tudo a ver! O que demonstrei até aqui foi o fato de que não há uma regra geral para todas as pessoas, ou seja, não há uma única forma de estudar que funcione com todas os concurseiros e que, mais incorreto ainda, gere os mesmos resultados.  

Todavia, há uma fisiologia cerebral que é comum a maioria das pessoas. O funcionamento cerebral e especificamente o funcionamento da memória é fisiologicamente o mesmo em todas as pessoas, exceto naquelas que possuem problemas mentais ou algum tipo de fisiologia cerebral atípica.

Todos que possuem um cérebro saudável e uma inteligência comum, ou seja, a maioria esmagadora dos candidatos a concursos públicos, estão sujeitos as mesmas regras fisiológicas do cérebro, bem como da memorização. Desse modo, torna-se necessário entender como a memória funciona, sob pena de estudar sem rendimento adequado.

Afinal, como a memória funciona? Resumidamente, muito resumidamente, a memória funciona por meio da repetição. Nessa perspetiva, quanto mais repetimos o que aprendemos mais iremos memorizar. E o “fazer exercícios” onde entra nisso tudo?!

Fazer exercícios não é classificado como uma técnica de estudo, somente. Se fosse assim, você teria a chance de avaliar sua afinidade com a suposta técnica “fazer exercícios” e, talvez, decidir em não fazer exercícios. Não! Definitivamente não! Fazer exercícios é muito mais que uma técnica; é a principal ação que o aluno deve ter!  Fazer exercícios periodicamente é fundamental para compreensão, consolidação e manutenção do conteúdo! Fazer exercícios é algo que está totalmente em conformidade com as regras do fisiológicas da aprendizagem e da memorização!

Dentre os sites disponíveis para realizar exercícios, encontrei o Super Provas, http://www.superprovas.com, de forma resumida será exposta esta magnífica ferramenta:

O Superprovas possui um software que permite que você responda as questões diretamente no computador de uma maneira fácil e bem mais rápida do que responder no papel. Os muitos recursos de seleção, visualização e personalização existentes neste programa lhe permitirão achar rapidamente todas as questões que você procura e responde-las de forma organizada e lúdica, sejam elas questões de múltipla escolha, verdadeiro/falso ou também questões abertas (discursivas ou tipo flashcards) .

Além disso, o Superprovas é uma poderosa fonte de informação atualizada constantemente: são mais de 300 MIL QUESTÕES de concursos anteriores separadas por matérias e assuntos.

Portanto, agora podemos responder a pergunta “em que momento devo fazer exercícios?”: durante a aprendizagem do conteúdo, para testar o que se aprendeu e para testar sua memória. Assim, se possível, você deve fazer exercícios todos os dias! Sabe porque digo isso? De todas as pessoas que já auxiliei a passar em concursos não houve ninguém que passou sem fazer muitos e muitos exercícios. Já houve pessoas que passaram sem utilizar determinadas técnicas com as quais não possuíam afinidade, mas ninguém passou sem fazer muitos exercícios que, lembrando, não é uma técnica simplesmente, e sim é a alma do sucesso em concursos.


Sucesso a todos!

Abraço