sábado, 9 de maio de 2015

Tipos de Concurseiros

Boa parte dos concurseiros procura formas eficientes de estudar e boas estratégias que os levem à aprovação. No entanto, existem diversos tipos de concurseiros, conforme segue abaixo:

1. O trabalhador

Se você é do tipo de concurseiro que trabalha e não se dedica integralmente aos estudos, boa parte das suas questões ira girar em torno da falta de tempo. É comum que muitos desses concurseiros se justifiquem dizendo que “é tudo culpa do trabalho”. Esse tipo de postura, no entanto, não contribui em nada para sua aprovação, pelo contrário, auxilia você apenas a procrastinar. 
Se você é do tipo de concurseiro que trabalha, talvez o seu maior desafio não seja  a falta de tempo, mas sim, a falta de organização. Você certamente precisa de um plano de estudos altamente eficiente, pois precisa render no menor espaço de tempo. Para isso é necessário organização. 
Se você trabalha e estuda, é preciso ter bastante disciplina e se organizar para criar espaços de estudo dentro da sua agenda. Uma boa dica é contratar serviços de coaching para otimizar o seu tempo de estudo. 

2. O financista 

Esse concurseiro baseia boa parte de suas escolhas na remuneração do cargo disponível no concurso.  Muitas vezes, esse tipo de concurseiros simplesmente desconsidera as funções que irá desempenhar no dia a dia, seu local de trabalho e sua vocação e habilidades. Muitas vezes esses concurseiros tem êxito na aprovação, no entanto, se tornam pessoas bastante frustradas com a carreira profissional. 
Se você é do tipo que apenas olha a remuneração no cargo do edital, procure avaliar com critério se as funções a serem desempenhadas realmente te agradam e se você gostaria de fazê-las para o resto da vida. Procure focar em uma determinada área, pois isso, além de tornar o estudo mais produtivo, faz que com seja mais eficiente. 

3. O aventureiro 

Esse tipo de concurseiro costuma estudar somente após a saída do edital, muitas vezes, a partir apenas da publicação do edital. Em geral, esse tipo de concurseiro posterga ao máximo os estudos e acredita que estudando um mês antes da prova será capaz de ter êxito. 
São raríssimos os casos de pessoas que passam com tão pouco tempo de estudo. O ideal é seguir estudando as matérias base e ao sair o edital reforçar o estudo naquelas matérias que você possui mais dificuldade. Estudar com produtividade requer tempo, pois demora um pouco até que nosso cérebro comece a assimilar a matéria e tenhamos a sensação de que realmente estamos aprendendo. Por isso, é preciso se planejar e começar a estudar antes mesmo do edital sair. 

4. O sonhador 

Esse tipo de concurseiro vê no concurso público a solução da sua vida, tanto pessoal quanto profissional. Para ele, após ser aprovado na vaga pretendida, não será necessário trabalhar duro e se empenhar para o cargo empossado. 
Esse tipo de concurseiro costuma ter bastante dificuldade para passar pois o concurso toma uma proporção tão grande em sua vida que a pressão interna pode ser extremamente prejudicial na hora de colher os resultados. São concurseiros que costumam se frustrar bastante e acabam se sentindo eternamente insatisfeitos. 
O concurso é uma parte da sua vida e não precisa ter essa função salvadora para nada. Procure encarar o estudo de forma objetiva e sempre que possível estabeleça na sua agenda hora para começar e hora para terminar, para não cair no problema de estudar incessantemente. 
Por mais desafiante que o concurso pareça, é fundamental manter outros interesses para a vida pessoal.